Fundada em 2003, rede está presente 18 estados. Foto: divulgação.

A Constance, marca de calçados, bolsas e acessórios femininos, adotou a solução USE da Data System, empresa especialista em software de gestão para o varejo de moda, para atender tanto o backoffice quanto a frente de loja. 

Com a decisão de descontinuar o uso do seu sistema ponto de venda (PDV), a empresa precisava de uma ferramenta flexível, que atendesse às novas demandas da Constance e que promovesse um PDV sem atrito para facilitar as operações da rede.

“Escolhemos a Data System pela qualidade do atendimento, que inspira confiança e pelo sistema ser aderente ao nosso negócio. A flexibilização de customização da ferramenta para atender nossas necessidades também foi um diferencial comparado à concorrência”, afirma Cassio Noronha, CEO da Constance.

Segundo a empresa, o início da operação do USE aconteceu por etapas e o rollout final foi realizado em menos de três meses em todas as lojas, incluindo próprias e franqueadas. Ao todo, 154 estabelecimentos passaram a operar com o novo sistema desde março.

A ferramenta fornece relatórios gerenciais e integra novas tecnologias como, por exemplo, o aplicativo checkout mobile, que permite finalizar a venda em qualquer ambiente da loja.

Além disso, é possível implementar customizações para as novas necessidades que surgirem no dia a dia da operação. Uma delas, por exemplo, foi realizada durante a pandemia da Covid-19.

Com a obrigatoriedade do fechamento das lojas e uma queda de 70% nas vendas, a Constance implementou o pagamento por link e, assim, conseguiu sustentar parte das vendas dos franqueados de forma integrada ao sistema USE.

Após a abertura das lojas, a companhia continua utilizando a função no Constance em Casa, sistema de delivery no qual os sapatos são levados para as clientes provarem a domicílio e o pagamento pode ser realizado por link ou checkout mobile.

“Temos que acompanhar a evolução dos clientes, fornecendo soluções ágeis para as suas necessidades e preferências. Sem a Data System não conseguiríamos fazer com excelência a operação omnichannel que contempla a integração de canais, como checkout, provador delivery e vendas nas redes sociais”, afirma Rachel Mendonça, diretora de gestão de franqueado da Constance.

Em agosto, a Constance passou a operar com carteiras digitais e o próximo passo deve ser integrar os estoques entre franquias e implementar o Ship From Store, modelo que permite ao cliente retirar o pedido na loja física mais próxima.

“Nossa missão é permitir que a rede tenha estratégias flexíveis e possa fazer mudanças rápidas nos seus processos, que são amparados por nossa tecnologia. Queremos levar eficiência ao negócio e inteligência para gerar resultados que sejam positivos para a companhia, sanando qualquer impacto do dia a dia da operação”, ressalta Rodrigo Roland, CEO da Data System.

Fundada em 2003, a Constance está presente 18 estados com 123 lojas franqueadas, 31 próprias e 780 colaboradores. Ainda em 2020, a empresa prevê a abertura de 20 lojas, além de mais 600 estabelecimentos até 2024.

Há 25 anos no mercado, a Data System atende 900 clientes com mais de 2,2 mil lojas em 20 estados do Brasil, totalizando mais de 35 mil usuários. Entre as empresas, estão varejistas como Depósito da Lingerie, Lojas ÉD+, Humanitarian, Elmo, Éconis e Estrela.