UNICÓRNIO

Livro conta os bastidores da 99

31/08/2020 08:54

Empresa quase faliu em 2016, dois anos antes de ser vendida por US$ 1 bilhão.

Paulo Veras, cofundador da 99. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A história da 99 acaba de ser publicada no livro Unicórnio verde-amarelo, escrito por Paulo Veras, cofundador da startup, com a jornalista Tania Menai, que já contou a trajetória da Peixe Urbano anteriormente. 

Lançado pela editora Companhia das Letras, o livro de 337 páginas foi lançado nesta semana na versão ebook Kindle, que custa R$ 29,90, e terá os exemplares físicos disponíveis a partir da próxima quinta-feira, 3.

De acordo com o site Brazil Journal, a obra é fruto de um trabalho de mais de dois anos e dezenas de entrevistas em São Paulo e Nova York. Ela conta desde a fundação da empresa em 2012, quando era voltada para o segmento de táxis, até a venda para a chinesa Didi, dois anos atrás, por US$ 1 bilhão.

Veras fundou a 99 junto com Ariel Lambrecht e Renato Freitas depois de criar outras cinco startups e trabalhar anos como diretor da Endeavor. 

Na publicação, o executivo destaca três momentos da trajetória: a quase falência da empresa em 2016, a descoberta de uma leucemia, que lhe dava 50% de chance de sobrevivência, e as negociações da venda da 99.

“Para o conglomerado de mobilidade compartilhada chinês Didi Chuxing, com quem discutíamos uma parceria, investir na 99 era apostar no cavalo perdedor. De 2015 para 2016 a nossa liderança evaporou: a participação de mercado da 99 despencou de sessenta para dez por cento, enquanto a Uber abocanhou cerca de 85 por cento no mesmo período”, conta um trecho do livro. 

Em 2019, antes do cenário de crise, a 99 chegou a mais de 600 mil motoristas e 18 milhões de passageiros em mais de 1,6 mil cidades no Brasil. A empresa passou de 13% para 22% como app favorito dos brasileiros no segmento de corridas de automóveis.

No mesmo período, a Uber caiu 10 pontos percentuais, mas continuava liderando, apontada como favorita por 73% dos usuários desse tipo serviço.

No final do ano passado, a empresa lançou o 99Food, entrando no segmento de intermediação de entregas e, agora, tem apostado no 99Empresas, focado no transporte corporativo durante a pandemia.

Veja também

ONLINE
CASE e Startup Summit resolvem fazer evento conjunto

Na adaptação ao novo cenário, ideia partiu das instituições Abstartups, Sebrae e ACATE.

DELIVERY
Motoboys de aplicativos preparam greve

Paralisação deve acontecer na próxima quarta-feira, 1º de julho, em pelo menos sete estados.

INTEGRAÇÃO
Digibee recebe aporte de US$ 5 milhões

Após seu melhor trimestre, scale-up está investindo em expansão para os Estados Unidos.

INTELIGÊNCIA
Cortex recebe aporte de R$ 120 milhões

Fundada em 2003, empresa é mais uma aposta do SoftBank no Brasil.

NUVEM
Oxi-Maq migra Proteus para AWS

Varejista apostou em projeto da BeOnUP após sofrer ataque que criptografou os arquivos da empresa.

DELIVERY
99Food chega a 12 novas cidades

Até então somente em Curitiba e Belo Horizonte, serviço avança para todas as regiões do Brasil.

MERCADO
Unicórnios no Brasil

Startups avaliadas em mais de US$ 1 bilhão estão tornando mais frequentes no país.

FORMAÇÃO
Softbank tem curso de inteligência artificial

Treinamento tem 300 vagas para a América Latina, com base em São Paulo.

VENTURE CAPITAL
Três brasileiros em ranking mundial de VCs

Publicação especializada fez lista global com 50 líderes emergentes do setor.

BOLHA DO PATINETE?
Grow deixa 14 cidades brasileiras

Anúncio acontece duas semanas após saída da concorrente Lime.