FINTECH

Nubank compra Spin Pay

31/08/2021 16:02

A paulistana é especializada em Pix e Open Banking para o varejo on-line.

David Vélez, CEO e fundador do Nubank, e Alan Chusid, CEO e fundador da Spin Pay. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

O Nubank anunciou a aquisição da Spin Pay, empresa especializada em Pix e Open Banking para o varejo on-line, marcando sua entrada no mercado de e-commerce.

A empresa não revelou o valor nem os termos da transação, que deve acontecer nas próximas semanas.

Fundada em 2019, a paulistana Spin Pay tem como fundadores Alan Chusid, que também é cofundador do Neon, Marcelo Mingatos de Toledo (CTO) e Felipe Park (CFO).

A fintech permite que lojas virtuais ofereçam pagamento via Pix e carteiras digitais, como PicPay e Mercado Pago, além de oferecer antecipação da terceira fase do Open Banking, dando aos clientes acesso a linhas de crédito durante a jornada de compra.

Ela possui uma solução integrada às plataformas VTEX, Loja Integrada e, em breve, Shopify Plus, além de uma API capaz de se integrar a qualquer tipo de sistema do varejo.

Entre os seus mais de 200 clientes, estão empresas como Gol Linhas Aéreas, Lojas Renner, Whirlpool, Cobasi, Positivo, Empiricus, Dr.Consulta, Vaio, Tramontina, Brastemp e Consul. 

Segundo o Nubank, a chegada da Spin Pay é uma forma de proporcionar rapidamente uma experiência melhor e simplificada para lojistas e clientes do banco digital. A aquisição deve permitir que a fintech ofereça mais soluções de pagamento para o varejo eletrônico.

Mesmo depois da aquisição, as operações seguem independentes. A Spin Pay funcionará como unidade separada de negócios, trabalhando no desenvolvimento de tecnologias que estejam alinhadas com o propósito do Nubank. 

Essa é a segunda aquisição do banco anunciada neste mês, quando a companhia também comprou a empresa de tecnologia Juntos.

Em 2020, o banco comprou a plataforma de investimentos Easynvest, a empresa de consultoria e desenvolvimento americana Cognitect e a Plataformatec, consultoria brasileira de engenharia de software.

Neste ano, o Nubank captou a maior rodada de investimentos da história na América Latina, totalizando US$ 1,15 bilhão.

Em janeiro, foram US$ 400 milhões em investimentos e, em junho, vieram outros dois aportes que somaram US$ 750 milhões, incluindo US$ 500 milhões vindos da Berkshire Hathaway, gestora do megainvestidor americano Warren Buffett.

Não é segredo que um IPO na Nasdaq está nos planos do Nubank. Segundo o Valor Econômico, o banco teria dito em janeiro a seus investidores que pretendia fazer a listagem em 12 meses, principalmente para dar liquidez a alguns de seus acionistas.

Veja também

TRAJETÓRIA
De estagiária a CEO na Nimbi

Carolina Cabral assumiu o comando da companhia de software de gestão de supply chain.

USADOS
Allied compra BR Used

Esta é a primeira aquisição da empresa desde que ela levantou R$ 180 milhões em seu IPO.

CONSOLIDAÇÃO
Unifique compra Zappen por R$ 40 mi

Provedora de Internet dobra sua base em Joinville, a maior cidade catarinense.

NOME
Cascão, ex-Mandic, assume Mosaico

Empresa dona do Buscapé e Zoom decidiu trazer um CEO “executor” depois do IPO.

BILHETAGEM
Autopass migra para Oracle Exadata X8M

Após crescimento da operação, a empresa fez o projeto com a V8 Consulting.

CAIXA
Sinqia vai captar mais capital

Valor pode atingir até R$ 550 milhões. Empresa já fez 19 aquisições desde 2013.