Vinícius Roveda.

A ContaAzul recebeu um novo aporte de capital liderado pela Ribbit Capital, com a participação das brasileiras Monashees e Napkn Ventures, além do Valar Ventures, fundo que tem entre seus investidores Peter Thiel, co-fundador do Paypal.

O aporte na fornecedora catarinense de sistemas de gestão na nuvem não teve o valor revelado e acontece apenas seis meses depois de uma rodada de investimento séries A feito em janeiro.

No jargão do Vale do Silício, um investimento series A fica entre US$ 2 milhões e US$ 10 milhões, representando uma compra entre 10% e 30% da empresa. O atual aporte constitui uma series B, que normalmente significa mais dinheiro.

“O novo aporte demonstra a confiança de nossos investidores no futuro do negócio, mesmo em um momento em que o mercado está muito seletivo para investimentos desta natureza”, afirma Vinícius Roveda, fundador e CEO da ContaAzul.

Ele ressalta que os recursos serão utilizados para a ampliação da equipe de profissionais e no desenvolvimento do produto ContaAzul. além da criação de um ecossistema de empresas parceiras. 

E o faturamento? Em nota, a empresa afirma que encerrará 2013 com mais de 10 mil clientes pagantes, a mesma base divulgada em janeiro. 

É difícil traduzir isso em receita, uma vez que os planos variam entre mensalidades entre R$19,90 e R$ 195. Um tíquete médio de R$ 100 significaria R$ 1 milhão.

Parte da estratégia divulgada até agora para aumentar o número de clientes é apostar num approach mais tradicional do mercado, formando 50 consultores para apoiar os clientes localmente até o final do ano.

Os cadastrados terão seus contatos disponibilizados no site após passarem por um processo de qualificação online e uma prova de certificação. A ContaAzul não cobrará taxas ou estabelecerá tarifas.  

“Testamos o modelo e notamos que, ao contar com a consultoria, os clientes se sentiam mais confiantes em relação à gestão da empresa e também usufruíam melhor das funcionalidades do produto”, explica Marcelo dos Santos, CGO da ContaAzul.

Fora isso, a ContaAzul firmou em março uma parceria com o UOL Host para vender seu software na loja de  aplicativos da empresa de hospedagem, serviços web e cloud. Dados divulgados falavam em 217 contratos no mês de fevereiro.

A companhia também conseguiu atrair para o projeto executivos de peso como o próprio Santos, um ex-diretor de comunicação e marketing da Totvs com passagens por outras grandes do ERP como Sage e Datasul, contratado em janeiro deste ano.