Presidente e co-fundador do VivaReal, Brian Requart. Foto: Divulgação.

O portal de imóveis VivaReal receberá um aporte de R$ 100 milhões do fundo americano Spark Capital, a ser anunciado amanhã. Esta é a terceira e maior rodada de investimentos desde o início das atividades da empresa no Brasil, em 2009, de acordo com informações do Valor.

O VivaReal já levantou mais de R$ 170 milhões em cinco anos, de fundos de capital de risco nacionais (Monashees Capital) e estrangeiros (Kaszek Ventures, Valiant Capital, Dragoneer Investment Group e Spark Capital).

O objetivo, agora, é investir no desenvolvimento de produtos, em estratégias de marketing e em recursos humanos. Hoje a empresa tem 300 funcionários no país. 

A empresa companhia também possíveis aquisições e a abertura de novos escritórios, diz o presidente e co-fundador Brian Requart, em entrevista ao Valor

"O foco principal é ampliar a audiência”, explica.

O VivaReal estima alcançar um faturamento de R$ 50 milhões em 2015, quase três vezes superior a 2013. 

Incluindo a sede em São Paulo, a empresa está presente em 14 cidades - todas as capitais do Sudeste e Sul; Brasília e Goiânia, no Centro-Oeste; e Salvador, Recife e Fortaleza, no Nordeste.

Fundado em 2005, o Spark Capital administra investimentos que somam US$ 1,8 bilhão em empresas de internet como Twitter, Tumblr e Foursquare. 

Para o VivaReal, pesou na escolha do fundo a experiência do sócio e gestor Jeremy Philips, antigo membro do conselho do REA Group, proprietário do portal "RealEstate", um dos maiores do segmento na Austrália.

"Este novo aporte acelera nossa estratégia de crescimento e fortalecimento de marca no Brasil, além de trazer a experiência de Jeremy Philips ao VivaReal", diz Requart.

Com mais de 8 milhões de visitantes mensais, o VivaReal concorre no mercado de venda on-line de imóveis com Zap Imóveis, Trovit e ImovelWeb.

A ImovelWeb também está expandindo sua atuação.

Em setembro, adquiriu o WImoveis, principal portal imobiliário do Distrito Federal, que fatura R$ 10 milhões por ano e detém cerca de 90% do mercado brasiliense. 

Em julho, comprou a ImóvelClass, empresa de Porto Alegre que trabalha com publicidade focada no mercado imobiliário. 

O Imovelweb também adquiriu o portal de imóveis do Paraná, o Imóveis Curitiba, e a empresa de software e tecnologia ImovelPRO, com sede em Santa Catarina. 

O movimento de aquisições começou a partir de um aporte na Navent, controladora do Imovelweb, que recebeu US$ 30 milhões da Riverwood Capital e do Tiger Global Management.

O Imovelweb foi fundado em 1998 e hoje conta com mais de 150 colaboradores em todo o Brasil. A empresa tem unidades próprias em dez cidades brasileiras. O portal recebe mais de 3 milhões de visitas mensalmente.