Lotus é hoje considerado software legado. Foto: Pixabay.

A IBM e HCL fecharam uma “parceria estratégica” pela qual a companhia indiana deve assumir o desenvolvimento futuro da linha de produtos de e-mail e colaboração da Big Blue, composta pelos softwares Notes, Domino, Sametime e Verse.

Com o acordo, os produtos devem ter novas versões lançadas, incluindo o Domino 10 até 2018.

Não é a primeira vez que as duas empresas fazem uma parceria do tipo. Os produtos Rational e Tivoli foram assumidos pela HCL em 2016.

De acordo com o site The Register, o anúncio significa um futuro para uma linha de produtos que parecia condenada, com direito a novas versões na nuvem pública, privada e on premises.

A IBM comprou a Lotus Software, dona do Notes, por US$ 3,5 bilhões ainda em 1995, em um dos maiores negócios da época.

Foi um movimento que levou a IBM a ter uma presença maior em desktops no que era o momento auge da era cliente - servidor.

Nos dias de hoje, no entanto, a combinação Notes e Domino é tida por muitos como software legado, superada pelo Exchange para mensageria e milhares de aplicações de colaboração.