A Siemens quer ultrapassar, no exercício de 2014, a marca de € 40 bilhões em receitas com tecnologias “verdes”. 

A meta é 43% mais alta que a receita de área verde de 2010 da companhia, de € 28 bilhões com produtos e soluções de seu Portfólio Ambiental. Em comparação a 2009, em que a receita do segmento foi de € 27 bi, a empresa teve um aumento de 3,6 %.

Em 2010, os clientes da Siemens reduziram suas emissões de dióxido de carbono em um total de aproximadamente 270 milhões de toneladas, um volume igual às emissões anuais de CO2 de megacidades como Hong Kong, Londres, Nova York, Tóquio, Delhi e Cingapura.

As maiores reduções individuais foram atingidas por termelétricas de ciclo combinado, parques eólicos, sistemas de iluminação eficientes em termos energéticos e os trens que respeitam a ecologia.

Outros futuros impulsionadores do crescimento incluem, por exemplo, malhas inteligentes e seus componentes-chaves, uma área em que a Siemens prevê pedidos totais de aproximadamente € 6 bilhões até o final de 2014.