Tamanho da fonte: -A+A

A Contax já busca outro local em Porto Alegre para instalar o segundo contact center.

A revelação é de James Meaney, presidente da companhia, que esteve na capital gaúcha nesta quarta-feira, 02, para inaugurar a primeira operação da Contax na região Sul.

Meaney não deu maiores detalhes sobre quando será inaugurado o novo local, mas adiantou que a capacidade disponível já está quase toda ocupada. São 4 mil contratados, restando espaço para mais 1 mil.

O principal cliente é a Net Serviços, mas já foi fechado um segundo contrato com a SemParar/ViaFácil, empresa dona de um sistema de pagamento automático de pedágios e estacionamentos com 1,3 milhões de carros cadastrados no Brasil.

O presidente da Contax destaca a importância da negociação com a prefeitura de Porto Alegre, que aprovou uma lei reduzindo o ISSQN dos call centers de 5% para 2%. “É o mesmo que pagamos em todas as oito cidades que estamos presentes”, comenta Meaney.

O executivo destaca a importância da carga tributária na operação de um call center. “Com VoIP, o custo de Telecom é sempre o mesmo. Variam salários e impostos”, comenta Meaney.

Mesmo com o desconto, a unidade vai pagar R$ 4 milhões por ano em impostos. De acordo com informações da prefeitura, todos os call centers instalados na cidade geraram R$ 5 milhões em 2008.

Outros R$ 34,7 milhões foram gastos na reforma e compra de equipamentos para as posições de atendimento instaladas no local, um prédio industrial abandonado nas proximidades do DC Navegantes, onde um dia esteve instalada a tecelagem da Renner.

Fontes do mercado de call center gaúcho comentaram ao Baguete Diário que o salário médio na capital fica entre R$ 500 e R$ 600, o que situaria a folha da Contax só com salários na faixa dos R$ 2 milhões mensais, quase R$ 4 milhões, se somados os custos trabalhistas. A reportagem aguarda uma confirmação oficial de valores da assessoria de imprensa da Contax.

A maioria dos colaboradores são jovens (média de 24 anos) do sexo feminino (70%). Pouco mais de um quarto estão no seu primeiro emprego. Os contratados têm segundo grau completo e devem passar por testes de fala e raciocínio lógico. A Contax investe R$ 33 milhões anuais em qualificação.

Com 65 clientes, a Contax tem 73,2 mil colaboradores em 33,4 mil pontos de atendimento. O faturamento chegou a R$ 542,3 milhões no terceiro trimestre, alta de 16,7% sobre o mesmo período de 2008.

Quentinhas
A abertura da Contax em Porto Alegre foi comentada pelo editor do Baguete Diário, Maurício Renner, em post no blog Quentinhas.

Para Renner, o anúncio representa uma opção de emprego no estado, frente à decadência de empregadores tradicionais como a indústria calçadista.

Confira a opinião na íntegra pelo link relacionado abaixo.