O Instituto Ronald McDonald, associação brasileira sem fins lucrativos, vem utilizando a ferramenta MapXtreme da Pitney Bowes Business Insight (PBBI) com objetivo de otimizar os investimentos realizados em todo o país.

O projeto é resultado da parceria entre a Pitney Bowes e a Ion Information Network, consultoria especializada em Marketing Geográfico, que adotou o MapXtreme como ferramenta base no desenvolvimento da solução Ionline.

Desenvolvida em 2002, especialmente para o Programa Tsuru, a solução Ionline é responsável por assegurar que nas cidades de maior demanda exista serviço de qualidade para o rápido diagnóstico e bom atendimento às crianças.

A ferramenta dá a instituição subsídios para averiguar as demandas de recursos por meio de análises geográficas, segmentando o índice de câncer infantil por localidade.

O principal objetivo do Instituto Ronald McDonald era identificar as necessidades prioritárias de projetos que auxiliassem no combate ao câncer infanto-juvenil, de acordo com as regiões de maior demanda.

Com o mapeamento, o Instituto pode criar estratégias que auxiliem no tratamento adequado, na minimização das migrações das crianças e na instalação de casas de apoio.

"Utilizando o Ionline fizemos o cruzamento de informações e a ferramenta da Pitney foi muito importante para a criação dos mapas. Com isto o Instituto Ronald McDonald conseguiu tomar melhores decisões sobre os lugares para investir” comenta Pedro Figoli, sócio diretor da Íon.