O faturamento da SiliconAction, loja porto-alegrense dedicada à venda de softwares pela internet, cresceu 40% em 2009.

A empresa comercializou 73.654 licenças, o que equivale a um aumento de 30% no número de licenças vendidas.

O número de programas disponíveis em 2009 chegou a mais de 1.200, fornecido por 300 empresas, como Avira, Lavalys, Copernic e Uniblue.

Já os antivírus e antispywares representaram 40% das vendas do ano, com destaque para o NOD32 Antivírus e ESET Smart Security.

A região sudeste continua como principal mercado consumidor da empresa: os quatro estados somaram 44% das vendas.

Para 2010, a SiliconAction quer aumentar a participação das vendas para o exterior, que no ano passado correspondeu a 2% do total de licenças vendidas.

“Para isso, vamos direcionar nossos esforços na divulgação na América do Norte, Europa e Oceania, continentes que possuem pontos interessantes para o nosso negócio: usuários habituados a comprar softwares com entrega eletrônica, poder aquisitivo alto e baixa pirataria”, afirma Alex Hoffmann, diretor da SiliconAction.