A Tecsl, do blumenauense Grupo Teclógica, acaba de fechar um contrato com a Vale do Rio Doce. Pelo acordo, a companhia catarinense especializada em sistemas de logística fará a implantação de soluções High Jump na mineradora, visando à automatização e otimização de processos de gestão de armazenagem.

A instalação dos softwares será realizada por profissionais da Teclógica treinados na High Jump University, de Minneapolis, Estados Unidos. Há poucos meses, a 3M, que comprou a High Jump, escolheu a Tecsl como parceira tecnológica no Brasil.

“Tecnicamente, se trata mais de personalização do que de implantação, já que instalaremos na Vale toda a solução de forma customizada, atendendo à especificidades operacionais da empresa”, explica Luiz Carlos Mesquita Scheid, diretor Administrativo da Teclógica. “Toda a implementação seguirá a metodologia AIM (Advantage Implementation Methodology), utilizada nas mais de 800 instalações das soluções High Jump em todo o mundo”, diz.

De acordo com Scheid, a customização das soluções começa em novembro de 2006, devendo levar em torno de um ano. “Serão mais de oito mil horas de trabalho, atuando em plataforma Dot.Net”, revela o executivo.