Baguete
InícioNotícias> Internet pirata é descoberta em SP

Tamanho da fonte:-A+A

Internet pirata é descoberta em SP

Márcia L. Lazzaron
// terça, 09/06/2009 14:54

Três homens foram detidos em São Paulo por manobrar o sinal de banda larga Speedy a localidades não cobertas pelo serviço. Cada um deles cobrava entre R$ 40 e R$ 60 pelo serviço e um dos detidos possuía 50 clientes.

Os três foram liberados após prestar depoimento mas, se condenados, podem pegar de dois a quatro anos de reclusão.

Segundo informações da Folha Online, o esquema funcionava em Vargem Grande, Parelheiros (zona Sul de São Paulo).

"Lá não chega a internet, não tem nenhuma empresa para contratar",  afirmou à Folha Online o delegado-assistente Jan Plzak, do Deic.

Segundo o policial, os homens assinavam o serviço de banda larga Speedy, da Telefônica, o mais próximo que conseguissem dos bairros sem acesso e instalavam antenas para manobrar o sinal até lá.
COMENTÁRIOS ANTERIORES
Roberto Fernandes

postado em: 09/06/2009 - 16:32

Resumindo, os caras faziam o serviço que o Speedy se negava a fazer, que é o de levar a internet aonde não tem os cabos.

Rafael

postado em: 10/06/2009 - 10:18

Perfeito o comentário feito Roberto Fernandes, eles faziam o que a teleônica se nega a fazer, diga-se de passagem ela e todas as outras. Se a OI (ex BrT) fizesse o meso aqui em São Borja seria o CAOS TOTAL, se você sair do centro da cidade 90% do demais bairros são coberos por sinal de uma empresa que repassa o sinal da OI ( se é legal não sei), e a ex BrT alega que não tem demanda (UM ABSURDO VERGONHA TOTAL) e com essa OI não vai mudar nada eles fazem o que bem entendem e não existe cobrança, metas, a ANATEL é OMISSA e está a serviço das teles, em pleno anio de 2009 a maioria da população brasileira nem sabe o que é BANDA LARGA, e vai ser assim por muito tempo, vergonhoso

Luis Prado

postado em: 10/06/2009 - 11:40

Que a atitude dos caras é errada, isso é inegavel. Mas essa mesma atitudo mostra o quanto as empresas forncedores desses serviços não tem interesse em determinados tipos de clientes. Depois falam da inclusão digital. Por favor né?

Juliano

postado em: 10/06/2009 - 20:54

Não entendi exatamente o que eles faziam de errado para serem presos. Não é permitido sub-locar este tipo de serviço? Como ficam as LAN Houses, por exemplo?

Alexandre Aguiar Dedavid

postado em: 12/06/2009 - 01:29

Pois é... Concordo com o Juliano. Pode ser ignorância minha, mas eles faziam o mesmo que lan houses: Entregam serviço para os que não tem condições (por algum motivo).

Bom, deve haver alguma questão legal aí no meio... Mas estes caras certamente fizeram um papel de "inclusão digital"...

C E L S O

postado em: 27/12/2009 - 14:33

No meu ponto de vista, eles fizeram o que os donos de LAN house estão fazendo revendendo o sinal ADSL e por um preço muito maior, EXEMPLO: se uma pessoa for a uma LAN house e acessar a Internet por um hora, aqui onde eu moro eles cobram R$ 1,00 real e em outros lugares chegam a cobrar R$ 2,50 e se essa pessoa acessar a Internet 3 vezes por dia durante 3 horas pagagando R$1,00 real seu gasto será de R$90,00 por mês (noventa reais) um absurdo ! e os caras estavam fazendo o mesmo só que enviando o sinal diretamente para o computador do cliente e por um preço mais em conta em relação a LAN house, e no meu ponto de vista eles só estavam trabalhando sem a licença SCM da ANATEL. fora isso estão de nota 10 !
E se revender o sinal ADSL é proibido, as LANS house deveriam ser proibidas de vender também pois segundo o contrato da OI o sinal deve ser usado para uso próprio e não deve ser compartilhado com terceiros .

CELSO

postado em: 27/12/2009 - 14:35

No meu ponto de vista, eles fizeram o que os donos de LAN house estão fazendo revendendo o sinal ADSL e por um preço muito maior, EXEMPLO: se uma pessoa for a uma LAN house e acessar a Internet por um hora, aqui onde eu moro eles cobram R$ 1,00 real e em outros lugares chegam a cobrar R$ 2,50 e se essa pessoa acessar a Internet 3 vezes por dia durante 3 horas pagagando R$1,00 real seu gasto será de R$90,00 por mês (noventa reais) um absurdo ! e os caras estavam fazendo o mesmo só que enviando o sinal diretamente para o computador do cliente e por um preço mais em conta em relação a LAN house, e no meu ponto de vista eles só estavam trabalhando sem a licença SCM da ANATEL. fora isso estão de nota 10 !
E se revender o sinal ADSL é proibido, as LANS house deveriam ser proibidas de vender também pois segundo o contrato da OI o sinal deve ser usado para uso próprio e não deve ser compartilhado com terceiros .

Barbosa

postado em: 13/02/2010 - 00:40

Qualquer produto que esteja a venda e se tenha um limite fixo para uso ou utilização e que voce paga um preço fixo, voce pode dividir com quem voce queira, pois se eu comprar um pão frances que tem um peso de 100g e quero dividili para tres ou mais pessoas eu não vou transformá-lo e tres pães vou dividir as 100g por partes iguais ao total de pessoas que eu achar conveniente, pois o mesmo penso do sinal de speedy, quando contratamos o serviço seja ele da telefonica ou outra empresa qualquer, ele vem com um limite que não temos acesso aos servidores para alteração do pacote, pagamos por 4 megas por exemplo e dividimos ele por igual para quantas pessoas forem necessaria, nunca iremos ultrapassar o limite de uso da banda nos servidores da telefonica ou outras empresas seja ela Wireless, cabo ou outro meio, como satálite por exemplo.
Ilegal seria se fizessemos contrato de locação com terceiros ou se fossemos remunerados por este serviço, mas até agora o que vejo é que isto dar um trabalho tremendo e a maioria cobram uma pequena taxa pela administração da rede e não pelo fornecimento do sinal, logo que os roteadores são também limidados pela Anatel quando homologados, pois se eu tivesse com quem dividir meu sinal de internet dividiria sem constrangimento, pois vejo muitos falarem das cotas da telefonica em determinadas ruas de São Paulo e quando esgotam, pode chorar, morrer ou mesmo implorar que a telefonica não cede o sinal e nem preve quando poderá chegar para aquela residencia.
E estão com comerciais que deixam a desejar para a maioria dos usuários mais carentes, todos precisam e merecem o minimo de conforto no mundo tecnológico e quando os recursos são limitador a unica alternativa é recorrer a suposta ilegalidade.
Afinal, somos todos filhos de um só Pai...
Deus.

Luiz

postado em: 21/02/2010 - 19:38

O q os caras estavam fazendo era sonegação de impostos emtre outros crimes, se querem levar a internet onde a Telefonica e outras não chegam, comprem links dedicados, tirem licença SCM e trabalhem na legalidade, corretissima a ação da policia.
Trabalho em pequeno provedor legalizado e sabemos a dificuldade que é para sobreviver, não pela concorrencia com as gigantes, mas sim pelos criminosos ( é isso q são) q mantem os famosos "gato nets". Mas isso não é provilegio só das gandes cidades não, aqui no interior tem muuuuto gato net...

Marsal

postado em: 26/01/2011 - 16:46

Mas quando vc começou e colocou sua 1ª antena, vc era legalizado com link dedicado e SCM?

Junior

postado em: 25/02/2010 - 23:07

Não acho errado repassar sinal, pois se pagamos um serviço podemos usufruir conforme queremos, sendo que não estamos fazendo nada ilegal, pois concordo com o termo de uma lanhouse onde aluga um sinal, e alugar um sinal é a mesma coisa, a diferença é que o conforto é em vossa residência ou como o cliente achar melhor. hoje existe milhares de empresa que aluga por exemplo um ponto de adsl e fornece para um help desk por exemplo, isso seria ilegal também, pois ele paga um ponto e fornece para vossa empresa toda, conclusão ilegal sim seria roubar um sinal e repassar, é como o comentario do pão, se eu comprei faço dele o que bem entender, se eu compro uma frota de carro posso alugar, vender fazer o que bem entender, uma mercearia compra produtos e ganha em cima desses produtos, então por que seria ilegal vc pagar por um sinal adsl e fazer o que bem entender a não ser apenas alugar sinal e não vender coisas erradas, usar do sinal para pirataria, pedofelia e até mesmo venda de produtos ilicitos ou droga. lá em Brasilia tem pessoas que fazem leis, então colocar dinheiro na meia seria legal? dinheiro do povo? e agora vem me dizer que vender umm sinal onde vc paga em dia vc não pode repassar a um preço mais acessivel a pessoas mais simples? pessoal não vamos deixar eles mandar na gente e sim agir com conciencia e diguinidade. me desculpe pessoal! mais isso é a verdade.

Jorge Speedy System

postado em: 27/02/2010 - 23:47

Achei ótimo o comentario do Sr. Junior, no qual não faz sentido contratar um serviço e poder fazer o que bem entender do mesmo sem que seja ilicito. se algumas pessoas acham errado compartilhar o sinal que o mesmo paga e sublocar para outras pessoas onde não tem condição devido aos preços das grandes empresas e até mesmo porque a região as empresas não querem atender devido a custo que não compensa no ponto de vista das mesmas. então não vejo nada ilegal. imagina uma empresa pequena de 30 micros. já tem um custo de licença de windows etc. imagina se tivesse que pagar uma licença por micro para ter acesso a internet. a telefonica aqui em São Paulo iria a falencia, isso quer dizer que se uma empresa compartilha internet com os micros internos e as vezes até externo mandando link para filiais, porque não podemos fazer o compartilhamento ou sublocar o sinal? então as empresas de hoje todas estaria ilegais, inclusive ex. a propria Microsoft, Bancos etc.... quantos micros internos e quantas empresa existem hoje onde paga apenas um link basico e compartilha para todos, seria a mesma coisa e estaria enquadrada no termo de uma lanhouse. e todos estariam ilegais, inclusive a propria Policia!!! se essas pessoas podem usar e compartilhar em meio produtivo, a gente também poderia. não muda nada, pois no final dá o mesmo sentido. Pessoal vamos lutar, não adianta só falar, temos que exigir leis, direitos etc. vamos divulgar mais e correr das leis certas e corretas e não favoraveis aos grandes. somos todos iguais e queremos o mesmo direito.

ícaro

postado em: 20/02/2011 - 08:37

isso é uma baita vergonha ainda bem que a minha internet naum é pirata enfim é disso que o brasil gosta

Celso Jr

postado em: 18/07/2011 - 19:41

Vergonha é uma pessoa ignorante que nem você fazer um comentário deste. O Brasil cresce tecnologicamente a passos de tartaruga porque pessoas como você acha que está tudo bem, OI, Telefonica, TIM, Br Telecom e etc. fazem o que querem e vocês pagam achando que tá tudo bem. Olha o seu Velox ou Speed ou qualquer outro tipo de conexão que você tenha, a sua operadora preferida só garante no máximo 30% da velocidade contratada e você ainda acha bom. Por favor, antes de comentar qualquer coisa, procure estudar sobre o assunto.