A Unisinos, o Comitê de Docência e Investigação da Sociedade de Especialistas Latino-americanos em Sensoriamento Remoto, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e a International Society of Photogrammetry and Remote Sensing (ISPRS) promovem nesta quarta-feira (10/8), às 20h, no auditório da Unitec, a 4ª Jornada de Educação em Sensoriamento Remoto no Âmbito do Mercosul. Os coordenadores da jornada são Tania Maria Sausen, que preside o comitê, e o professor do Programa de Pós-graduação em Geologia da Unisinos (PPGeo- Unisinos), Osmar Coelho. Segundo Tania, o encontro pretende discutir planos de ação e avaliar o estado das pesquisas na região. De acordo com ela, o Brasil tem avançado de forma significativa no ensino desse tema. Tania, além de coordenadora da jornada, é uma das criadoras desse encontro. O primeiro deles ocorreu em Itajaí, em 1997; o segundo foi em Buenos Aires, no ano seguinte; o terceiro aconteceu em La Serena, no Chile, em 1999. "A ONU tem traçados planos de ação e encorajados países membros a promover esses encontros", esclareceu a coordenadora.