O Sheraton Porto Alegre lançou, na terça-feira, 10, uma nova modalidade de hospedagem. Os dois últimos andares do hotel agora são destinados a executivos, que formam 88% do seu público. Os 24 quartos reformados, a um custo de R$240 mil, contarão com atendimento de uma equipe de mordomos a serviço dos hóspedes. A filial porto-alegrense da multinacional hoteleira, com um índice de ocupação 20% superior à concorrência, é a primeira do sul do país a possuir um serviço do tipo.