O Frigorífico Mercosul, maior do setor na região Sul, está sem gerente de Informática no momento.

Fontes de mercado informaram ao Baguete Diário sobre a saída de Paulo Lima na sexta-feira, 08. A mudança foi confirmada pelo departamento de RH da companhia, que disse também ainda não ter definido o sucessor do executivo.

Graduado em Ciências da Computação pela Ufrgs, Lima tem 11 anos de TI, sete deles na RGE.

O novo gerente vai encontrar um ambiente de TI complexo. Em outubro de 2008, o Frigorífico Mercosul tinha 17 empresas de telecom e informática prestando serviços à companhia, dentro de um orçamento de R$ 3,5 milhões anuais.

Com unidades espalhadas pelo Rio Grande do Sul, Paraná, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás e Pará, além de centros de distribuição e escritórios comerciais em São Paulo, a equipe de TI do frigorífico na época chegava a quase 40 funcionários.

As informações fazem parte de uma extensa matéria do Baguete sobre o ambiente de TI do Frigorífico Mercosul, publicada em outubro do ano passado. O texto pode ser conferido na íntegra pelo link relacionado abaixo.