Entre julho e setembro, a Telefônica perdeu 149 mil clientes de banda larga, ou 5,5% do total da base de assinantes do serviço Speedy.

Segundo números divulgados pela unidade brasileira do grupo espanhol, nesta quarta-feira, 11, a operadora fechou o terceiro trimestre com 2,578 milhões de clientes de banda larga, ante 2,727 milhões no segundo trimestre.

A queda, de acordo com a Reuters, é reflexo da proibição de comercializar o Speedy por cerca de dois meses enquanto a Telefônica implementava melhorias na rede.

No terceiro trimestre, as receitas com transmissão de dados recuaram 1,5% na comparação com o segundo trimestre, para R$ 1,055 bilhão.

A receita líquida total da Telefônica no terceiro trimestre ficou em R$ 3,910 bilhões, queda de 4,6% na comparação com igual período, em 2008.