Caiu o número de CDs piratas apreendidos no Brasil, em 2009. No entanto, não houve diminuição de pirataria mas sua migração para a web.

A informação faz parte de um balanço divulgado pela Associação Brasileira de Empresas de Software (Abes) na terça-feira, 13.

Segundo a Abes, foram apreendidos 1,13 milhão de CDs piratas no Brasil em 2009, contra 1,6 milhão em 2008. Além disso, foram retirados do ar 313 sites destinados à venda de produtos ilegais, além de 19,3 mil anúncios.

Segundo a associação, em 2008, o Brasil registrou um prejuízo de US$ 1,645 bilhão com o comércio ilegal de softwares e uma taxa de pirataria de 58%.