A audiência da área de vídeos do Globo.com vem se aproximando do número de acessos brasileiros ao YouTube. A afirmação é de Fernando Taralli, presidente da agência Energy, à Gazeta Mercantil.

Segundo o estrategista de mídia online, enquanto o alcance do YouTube cresceu 26% desde 2007, a Globo Videos expandiu num ritmo mais veloz, de 58%.

Em setembro de 2008, segundo pesquisa da comScore, a área de vídeos do Globo.com alcançou 41% da população brasileira on-line, enquanto o YouTube.com chegou a 48%.