Tamanho da fonte: -A+A

A Intelig Telecom enviou um comunicado nesta segunda-feira, 18, explicando o motivo da falha que afetou os serviços de Internet no Rio Grande do Sul por três horas na quarta, 13.

De acordo com nota da empresa, a  interrupção dos serviços “ em grande parte do Rio Grande do Sul, inclusive Porto Alegre” foi causado por falhas simultâneas em dois pontos da rede da empresa.

A primeira falha teria acontecido às 11h20 no trecho do cabo entre as cidades gaúchas de  Colinas e Veranópolis, motivado por uma  queda de barreiras no trecho ferroviário, nas proximidades do Km 137.

Ainda segundo a nota da empresa, esse primeiro rompimento não afetou os serviços, já que o tráfego teria sido roteado roteado automaticamente para sua contingência utilizando uma rota rodoviária de cabos ópticos.

O plano B falhou as  às 12h58, quando uma escavadeira que executava obras na altura do Km 438 da BR 101 – entre a catarinense Içara e Torres, no Rio Grande do Sul – rompeu também esse cabo.

A Intelig afirma que assim que os eventos foram percebidos, a empresa  acionou as empresas responsáveis pela manutenção dos cabos ópticos. As equipes de campo da Intelig Telecom também foram acionadas para acompanhar as atividades de reparo nos locais mencionados. Às 15h59, todos os serviços foram normalizados.

Comentário no Quentinhas
As explicações da Intelig foram tema de comentário do editor do Baguete Diário, Maurício Renner, em post do blog Quentinhas.

Para o jornalista, em tempos de agilidade e web 2.0 os prazos ficaram mais curtos e a Intelig demorou demais em se manifestar sobre a falha no Rio Grande do Sul. Confira o texto pelo link relacionado abaixo.