O e-commerce das Lojas Colombo vai inaugurar, ainda neste semestre, uma seção dedicada à venda de livros – 50 mil títulos, inicialmente.  

Para competir com as grandes do segmento, a empresa oferecerá a possibilidade de comprar publicações sem pagar frete, com a retirada dos exemplares em uma filial da rede.

“Vamos experimentar essa operação. Se funcionar, podemos ir para produtos como perfumes ou vinhos”, declarou, em entrevista à Zero Hora, o diretor de marketing da companhia, Thiago Baisch.

Para 2010, a rede de lojas projeta crescimento de 15% sobre o faturamento de R$ 1,3 bilhão registrado no ano passado, quando as vendas subiram 10%. 

Além disso, de 10 a 15 filiais devem ser abertas neste ano, principalmente, em São Paulo. Cada unidade deve exigir investimento médio de R$ 2 milhões.  

Atualmente, a empresa conta com 345 lojas no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Minas Gerais.