Baguete
InícioNotícias> Sem acordo com MPF, Google pode mesmo fechar Orkut

Tamanho da fonte:-A+A

Sem acordo com MPF, Google pode mesmo fechar Orkut

Baguete
// sexta, 25/08/2006 17:24

ogle Inc planeja proibir que usuários brasileiros acessem seu site de relacionamentos, o Orkut, caso não chegue a um acordo com o Ministério Público Federal. A discussão se refere às ações movidas na Justiça pelo MPF, que ordena a companhia que libere informações de usuários envolvidos com crimes digitais como pedofilia, incitação ao ódio e tráfico de drogas.

O Google garante não ter recebido os processos do MPF. “Eles jamais foram entregues à empresa”, afirma o procurador do portal de buscas no Brasil, Durval Noronha Goyos Jr. Segundo ele, o não recebimento dos papéis fez com que o site protocolasse, na quinta-feira, 24, junto às nove varas da Justiça Federal em São Paulo, um pedido de informações sobre os processos.

Fiscalização binacional
A Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados propõe a criação de uma legislação binacional para que os poderes judiciários do Brasil e dos Estados Unidos possam investigar e punir crimes praticados por meio do site de relacionamentos. Segundo o presidente da Comissão, deputado Luiz Eduardo Greenhalgh, o congresso norte-americano também está preocupado com a proliferação no portal de comunidades voltadas à pedofilia, racismo e incitação ao ódio, entre outros temas ilegais.

“Esperamos que conforme forem comprovadas as denúncias (movidas pelo MPF contra o Google Inc), as autoridades norte-americanas retirem do ar as comunidades ofensivas, repassando, depois, os dados de seus criadores às autoridades brasileiras, para investigação”, declarou Greenhalgh. Ainda de acordo com o deputado, o processo do Ministério Público Federal não pede a extinção do Orkut no Brasil.