Tamanho da fonte: -A+A

O BNDES aprovou apoio no valor de R$ 404,5 milhões para a Totvs. O dinheiro vai viabilizar a compra da Datasul, aprovada na semana passada pelos acionistas das duas empresas.

Do total dos recursos, R$ 200 milhões serão concedidos por mecanismo de renda variável, com a subscrição pela BNDESPAR de debêntures conversíveis em ações, e R$ 204,5 milhões serão financiados (renda fixa).

A operação foi aprovada no âmbito do Programa para o Desenvolvimento da Indústria Nacional de Software e Serviços de Tecnologia da Informação - Prosoft-Empresa.

O negócio é considerado de grande importância para o fortalecimento do setor nacional de software, aponta nota do BNDES. O banco ressalta que a fusão está de acordo com a meta do governo federal de criar de grupos nacionais sólidos no setor de software, com potencial de faturamento superior a R$ 1 bilhão/ano.

Com este novo negócio, a carteira de operações do Prosoft nos diversos níveis de trâmite e em suas diferentes modalidades atinge a marca de R$ 1,3 bilhão, com 214 operações.

Desse total, R$ 986 milhões referem-se ao Prosoft–Empresa, com 56 operações. O BNDES mantém parceria com a Sociedade Softex no fomento a operações diretas no âmbito desse programa.