A apresentadora de tevê Xuxa Meneghel parece ter abandonado o Twitter na terça-feira, 25, após resposta massiva dos usuários a posts dela e de sua filha, Sasha.

Na primeira mensagem da noite, a apresentadora explicou que estava no set de filmagens de seu próximo filme. Em seguida, disse: "sasha filmou com um bode e agora vai filmar com uma cobra".

Logo em seguida, foi a vez da filha usar o perfil de Xuxa para mandar seu recado: "Sou eu Sasha. Estou aqui filmando e vai ser um ótimo filme. Tenho que ir… Vou fazer uma sena (sic) com a cobra".

As duas mensagens começaram a ser retwittadas pelos brasileiros com conotações menos inocentes do que a de Xuxa e também apontando o erro de Sasha que escreveu a palavra cena com “s”.

Minutos depois, após uma avalanche de retweets, Xuxa respondeu: "pra quem não sabe minha filha foi alfabetizada em inglês, vou pensar muito em colocar ela pra falar com vcs, ela não merece ouvir certas m…”.

Por fim, Xuxa anunciou: “fui vcs não merecem falar comigo nem com meu anjo”.

A apresentadora apagou o tweet de Sasha às 02h38 desta quarta-feira, 26.

A reportagem do Baguete criou um print screen poucas horas antes de a mensagem ser apagada. A imagem está disponível ao final desta notícia.

A assessora de imprensa da apresentadora confirma que a página no Twitter é oficial.

#Fail
Xuxa chegou ao Twitter em 03 de agosto escrevendo sempre em caps lock, apesar do aviso de diversos usuários sobre as regras de internet, onde caps lock significa grito. Apenas no dia 24 se rendeu às regras de ortografia online e adotou a caixa baixa.

Xuxa tem 74.635 seguidores.

Consultoria
Na quinta-feira, 20, a modelo Gisele Bundchen aderiu ao Twitter e ao Facebook. No entanto os perfis são atualizados por uma equipe especializada em mídia social.

Mano Menezes também é outro brasileiro que conta com um ghost writer. Seu Twitter, que concorre a prêmios e é indicado pela equipe do site de microblog como perfil a ser seguido, é escrito pela filha do técnico, Camila Menezes.

Comentário no Quentinhas
O caso foi tema de comentário do editor do Baguete, Maurício Renner, em post no blog Quentinhas.

A opinião do jornalista pode ser conferida pelo link relacionado abaixo.