Após a imprensa divulgar que a Apple desenvolve um novo iPhone compatível com CDMA, nesta terça-feira, 30, as ações da companhia alcançaram alta histórica e chegaram a US% 236,95.

Veiculada no Wall Street Journal, a notícia afirma ainda que o smartphone funcionará na rede móvel da Verizon Communications, o que acabaria com a exclusividade da AT&T.

Procuradas pelo jornal, Apple e Verizon preferiram não comentar o assunto.