Tamanho da fonte: -A+A

O governador Tarso Genro e os integrantes da comitiva gaúcha em visita à Corréia do Sul visitaram a sede Hanna Micron ao sul de Seul nesta quarta-feira, 01.

Umas das maiores fabricantes de semicondutores do mundo, a Hanna Micron é o lado coreano em uma joint venture com empresas brasileiras lideradas pela gaúcha Altus, a HT Micron, que deve construir uma fábrica de chips em São Leopoldo com inicio do funcionamento previsto para o final de 2012.

O objetivo do governo gaúcho é criar as condições para transformar o Rio Grande do Sul no principal palco da produção deste tipo de material no Brasil.

“Vamos utilizar o Banrisul, o Badesul e o BRDE, junto com instituições federais, para constituir um pool de apoio a estes investimentos, que poderão colocar o Estado na vanguarda na fabricação de semicondutores”, garantiu Tarso na saída da visita.

A HT Micron deve fazer investimentos de US$ 200 milhões nos próximos anos. As obras da fábrica de 10 mil metros quadrados, avaliadas em US$ 10 milhões, serão bancadas pela Unisinos, que posteriormente alugará o local à HT.