A Secretaria da Educação de Peruíbe (SP), na Baixada Santista, implantou uma solução de videomonitoramento em escolas públicas com câmeras da Axis Communications.
 
Os investimentos não foram revelados.
 
Desde a implantação do projeto, o monitoramento é realizado 24 horas por dia, inclusive aos finais de semana. As imagens das câmeras são transmitidas para a central de monitoramento por meio de links de rádio, e gravadas e armazenadas nos servidores por um período de 30 dias.
 
No caso de ser detectada alguma ocorrência, o alarme é disparado e a Guarda Municipal é acionada para fazer a averiguação no local.
 
A secretária de Educação da Prefeitura de Peruíbe, Elisa Garcia, revela que houve resultados bastante positivos no uso da prestação de serviço de monitoramento.
 
"Em grande parte dos casos, inibimos ações e até impedimos furtos, depredações e condutas inadequadas dentro das unidades escolares", diz Elisa.
 
As imagens começaram a ser recebidas pela central de monitoramento em fevereiro de 2010. A última escola que recebeu a transmissão por rádio começou a ser monitorada no fim de março de 2010.
 
Por fim, em julho passaram a integrar também o sistema duas unidades escolares que, devido à impossibilidade de receber links de rádio, estão sendo monitoradas por meio da internet.
 
Com o monitoramento remoto, a Guarda Municipal tem a possibilidade de identificar de forma mais ágil os possíveis furtos e vandalismos, e, dessa forma, consegue se deslocar mais rapidamente para os locais onde houve tais ocorrências. Além disso, a presença de um sistema de monitoramento, que conta com um alarme acionado a distância, por si só já inibe a ação de infratores.
 
A utilização da rede para vigilância por vídeo permite o monitoramento de áreas de playgrounds, corredores e salas de aula. Fora do horário escolar, o mesmo sistema de vigilância pode ser utilizado para monitorar remotamente a propriedade escolar e deter o vandalismo.