A AMD comprou a empresa de projeto de chips SeaMicro por US$ 334 milhões.

A SeaMicro é especializada no desenvolvimento de chips com alta eficiência energética e microservers com elevada largura de banda.

Com a aquisição da empresa, a AMD vai criar o Data Center Solutions Group, divisão voltada ao desenvolvimento de chips de baixo consumo de energia para computação em nuvem.

O negócio faz parte da estratégia da fabricante de chips para recuperar o espaço perdido para a Intel no mercado de servidores e afastar a ameaça iminente de produtos baseados em microprocessadores da britânica ARM, líder no mercado de chips para celulares e eletrônicos de consumo.

Com a aquisição, a AMD disse que, até o segundo semestre deste ano, pretende oferecer chips que combinem as tecnologias do seu processador Opteron com os da SeaMicro.

Nos últimos anos, a AMD perdeu uma fatia expressiva do mercado de chips para servidores para a Intel e terminou 2011 com menos de 10% de participação, fato, inclusive, que levou à demissão do presidente-executivo (CEO) da companhia, Dirk Meyer, no ano passado.