O governo brasileiro vai gastar mais de R$ 150 milhões com tablets para professores da rede pública.

Todo o valor deve ser investido em 2012, com a distribuição inicial de 60 mil aparelhos, e a meta de chegar a 62.320 escolas.

Para que isso seja possível, o governo vai desembolsar entre R$ 150 milhões e R$ 180 milhões calcula o site IDG Now. A licitação foi iniciada em dezembro de 2011, com o objetivo de adquirir 900 mil aparelhos de fabricação nacional, com telas entre  7 e 10 polegadas.

Digibras e Positivo venceram a licitação, mas o contrato só deve ser fechado em abril – o Inmetro ainda precisa avaliar se os produtos atendem às exigências do edital.

O governo pagará quase R$ 300 pelo tablet de 7 polegadas e aproximadamente R$ 470, pelo de 10 polegadas. Segundo o  ministério, o equipamento de 7 polegadas custa cerca de R$ 800, normalmente.

No ano passado, já foram entregues 78 mil desses equipamentos.

Leia a matéria completa do IDG Now nos links relacionados abaixo.