Depois de dois anos atuando no Rio Grande do Sul por meio de postos localizados nos clientes, a paulista Low Cost acaba de estabelecer, oficialmente, sua Divisão de Negócios Sul, em Canoas-RS.

Com a nova unidade, a companhia, que irá focar o segmento de outsourcing de impressão, pretende ampliar de 15% para 25% a participação da região em sua receita nacional até o final deste ano, quando pretende faturar, no geral, R$ 12 milhões.

Hoje, a Low Cost atende em torno de 2 mil clientes de pequeno e médio porte e cerca de 25 grandes contas. Entre elas, a Gerdau.

Segundo o diretor da divisão Sul, o gaúcho Vânix Gonçalves, a siderúrgica já reduziu em 15% seus custos de impressão com os serviços da Low Cost.

“Este resultado foi obtido através de soluções simples e inteligentes, como eliminação do que era desperdício e aumentando a produtividade dos equipamentos”, explica Gonçalves. “Com o resultado, conquistamos a confiança da Gerdau e expandimos o contrato para todas as suas unidades do Brasil”, comemora ele.

Hoje, a empresa atende a 115 unidades da Gerdau, cobrindo 100% do território brasileiro. Em breve, a meta é expandir o atendimento também para as unidades da siderúrgica na América Latina.

Fora do país, aliás, a empresa já atende a clientes do México, Chile, Venezuela, Argentina, Equador. Hoje, o exterior responde por cerca de 5% do faturamento da companhia.

“O momento é o ideal para crescermos, já que a crise obriga empresas a encontrar formas eficazes, descomplicadas e rápidas de economizar. É a situação de venda perfeita para a Low Cost”, comemora Gonçalves, que garante: com os serviços da empresa, os clientes podem reduzir em até 40% seus custos com impressão.