A AMD  encerra 2011 conquistando 20% de participação do mercado brasileiro de notebooks, impulsionada pelo novo posicionamento global e pela crescente demanda por tecnologia no país.

Segundo a empresa, o ritmo de crescimento neste ano continuará a se manter nos próximos anos.

Para Ronaldo Miranda, presidente da AMD no Brasil e vice-presidente para a América Latina, 2011 é um ano decisivo para o novo momento da corporação, a partir de adoção de um posicionamento inédito que permitiu à companhia criar um modelo próprio de oferta ao consumidor.

“Em 2012, continuaremos firmes no nosso crescimento, com foco total nessa estratégica de apresentar produtos que atendam às reais necessidades do consumidor final”, afirma.

Miranda entrou na AMD em abril deste ano. Para ele, foi um ano de evolução em muitos aspectos. A subsidiária ganhou destaque internacional dentro da companhia e avançou em muitas áreas de mercado.

“Chegar a 20% de market share em notebooks foi uma conquista muito importante. Além disso, com reforço do time vendas e marketing e as mudanças no atendimento ao canal de distribuição, conseguimos nos aproximar da fórmula ideal de relacionamento com os diversos públicos”, conta.

O executivo acredita no aquecimento do mercado de tecnologia no Brasil, impulsionado pelo momento da economia local e pelo aumento do consumo da classe C.

“Esse novo modelo de aproximação do consumidor que a AMD vem adotando permitiu também nos adequarmos ao crescimento do mercado”, afirma Miranda.