A Sony é a terceira fabricante a anunciar o corte de preços em sua linha de e-readers no mercado norte-americano, após Amazon e Barnes & Noble.

Segundo informações da PC World, o preço do modelo mais barato de e-reader da Sony caiu de US$ 170 para US$ 150.

A Amazon cortou o preço do seu e-reader, Kindle, de US$ 259 para US$ 189 após o anúncio da Barnes & Noble.

A maior livraria dos Estados Unidos em volume de vendas lançou uma versão do seu e-reader Nook, compatível apenas com redes Wi-fi, a US$ 149, e reduziu o preço do aparelho 3G, lançado em outubro, para US$ 199.