A Apple anunciou nesta sexta-feira, 07, que a versão desbloqueada do iPhone 4S deve chegar em novembro no mercado americano e por um valor bem mais acessível aos consumidores.

De acordo com a Exame, sem o subsídio das operadoras, o modelo com o menor valor chega às lojas por US$ 649, ante os US$ 199 adicionais cobrados por operadoras no modelo de contrato de fidelidade de dois anos.

Já o modelo de 32 GB custará US$ 749, enquanto o de 64 GB sairá por US$ 849.

Na próxima semana, a Apple também iniciará as vendas da versão bloqueada para os mercados americano, canadense, australiano, britânico, francês, alemão e japonês.

Entretanto, ainda não há previsão de lançamento do aparelho no Brasil.
 

4S não agrada investidores

O iPhone 4S não empolgou investidores da Apple e acabou derrubando as ações da companhia em 5%.

Conforme anunciou Tim Cook, sucessor de Jobs, na última  terça-feira, 04, as ações fecharam com baixa de 0,56%, cotadas a US$ 372,50.

Lançado 16 meses após o antecessor – rompendo a tradição de anúncios no meio do ano –, o novo iPhone possui processador A5 de dois núcleos, o mesmo usado no iPad, tem duas antenas, câmera traseira com 8MP, faz vídeos em alta definição e apresenta um processador gráfico sete mais vezes mais rápido do que o do modelo atual.