Guilherme Lessa, Diretor de TI do Matone

O gaúcho Banco Matone ampliou sua estrutura de TI.

Foram adquiridos oito servidores R710 da Dell (Quad Core 2.6 Ghz e 64 Gb de memória), e um Storage Dell EMC CX4-240C com 1TB de discos sólidos e 13,5 TB de discos Fiber channel.

Resultado: aumento de 160% na capacidade de processamento, de 280% no armazenamento, 200% em performance de backup e 48% na economia de energia. O valor do investimento não foi revelado.

Além disso, um sistema de backup ML6020, com 4 drives LTO e switchs Brocade de 24 portas se somaram à estrutura VMWare e aos servidores, sistemas de backup e storage já existentes.

O objetivo é assegurar níveis de desempenho que sustentem as previsões de crescimento do crédito consignado. A instituição financeira encerrou 2010 com o dobro de clientes que tinha em 2009.

“Nosso projeto acompanha a demanda. Não está muito abaixo, a ponto de prejudicar, nem muito acima, a ponto de desperdiçar recurso”, indica Guilherme Lessa,  diretor de TI do Matone.

Crescimento na carona do consignado...
Segundo o Banco Central (BC), o crédito consignado (os empréstimos com desconto na folha de pagamento) cresceram 27,4% em 2010 – o maior crescimento do ano registrado nas modalidades de crédito à pessoa física.

Mensalmente, 150 mil pessoas se aposentam e são potenciais clientes do crédito com desconto em folha.

Além disso, a taxa de juro anual do crédito consignado caiu de 27,2% em 2009 para 26% em 2010.

A previsão é de que a linha siga em expansão sobre o PIB até 2020.  Hoje, a relação PIB/crédito consignado é de 4,3% para um total de R$ 131 bilhões emprestados.

... TI na carona do crescimento
Segundo Lessa, foi de olho nesta expansão que foi feito o projeto de ampliação da TI do Matone, iniciado em março de 2010 e definido e implementado pela equipe interna, que hoje conta com 45 profissionais, e consultores da Dell.

“Temos uma estrutura totalmente informatizada. O único papel é o contrato assinado pelo cliente, e até ele é digitalizado depois. Isso agiliza e ajuda na atração de clientes”, enfatiza Lessa.

Crédito mais rápido
Com a nova estrutura, o tempo de resposta, análise e aprovação de liberação de crédito também reduziu.

"Atualmente, tudo pode ser feito em apenas duas horas, o que nos dá mais competitividade”, completa o executivo.

O banco
Fundado em 1967, e com marca criada na década de 1980, o Banco Matone foi a primeira distribuidora de valores a obter autorização do Banco Central para operar no Rio Grande do Sul – a Divalores.

Com matriz em Porto Alegre, o banco conta com cerca de 1 mil colaboradores e está presente em todo o território brasileiro por meio de 85 lojas de serviços financeiros e das sedes de negócios no Rio de Janeiro e em São Paulo.

O Banco foi a empresa que mais cresceu em receita na região Sul, segundo pesquisa da PricewaterhouseCoopers encomendada pela Revista Amanhã.