Após um investimento de R$ 1,5 milhão em 600 iPads no ano passado, a Eurofarma desembolsou mais R$ 2,5 milhões para comprar mais 1.390 unidades do tablet da Apple.

No total, informa o TI Inside, são 1.990 tablets nas mãos dos propagandistas.

Segundo o a empresa, o equipamento, previsto para ser utilizado ainda em outubro deste ano, permite um trabalho mais interativo e dinâmico junto à classe médica, além de gerar maior agilidade na difusão das informações.

A iniciativa também reduzirá a impressão de cerca de 200 toneladas por ano de materiais em papel.

“A primeira aquisição foi pioneira e revolucionou o trabalho do propagandista”, afirmou a diretora comercial de Prescrição Médica da Eurofarma, Roberta Junqueira, ao TI Inside.

Na área de prescrição são aproximadamente 1.500 propagandistas que realizam mensalmente uma média de 380 mil contatos médicos, levando informações científicas sobre produtos e patologias.

Nos primeiros três meses de uso, os propagandistas realizaram mais de 400 mil transações, com 21 mil conexões via 3G e mais de 12 mil downloads de apresentações eletrônicas sobre medicamentos, exibidos num aplicativo desenvolvido para a empresa pela Nuxen.

Leia a matéria completa do TI Inside nos links relacionados abaixo.