A gaúcha Perto, com sede em Gravataí, na Grande Porto Alegre, fechará 2011 com um crescimento de 20% sobre 2010 nas vendas de impressoras ao varejo – voltadas à automação bancária e comercial.

Foram 3.339 impressoras comercializadas em 2011, com grande participação de clientes de peso.

Em maio deste ano, por exemplo, a empresa entregou aos Correios 1.749 impressoras de recibo. Somando nas entregas de 2010 e 2011, ao todo, a Perto já forneceu 9.940 equipamentos para a instituição.

Também em maio, a empresa entregou ao Banco Santander 564 impressoras autenticadoras.

A Perto é uma empresa com tecnologia 100% brasileira que atua há 23 anos no mercado de soluções de hardware e software para os segmentos de automação bancária e comercial.

Possui uma fábrica com mais de 33 mil metros quadrados em Gravataí, cerca de 1.500 colaboradores, filial em Alphaville (SP), escritórios em 16 cidades e rede de suporte e serviços em todo o Brasil.

Seus produtos são exportados para 25 países.

Em junho, a empresa anunciou investimento de R$ 38 milhões para ampliação da fábrica. Do total, R$ 26 milhões são destinados para a compra de equipamentos. Outros R$ 12 milhões serão destinados à ampliação da área construída, que passará de 33 mil para 41 mil metros quadrados.

Segundo a empresa, 180 novos empregos nas áreas de manufatura, usinagem, fábrica de cofres, pintura, montagem, testes, engenharia e suporte devem ser gerados, sendo 90% da mão de obra local.

A previsão de conclusão da obra é maio.

No ano passado, a Perto faturou, no geral, R$ 255 milhões. Para este ano, a meta é crescer em torno de 20%.