Otimismo é a palavra para descrever como a Motorola se sente sobre o mercado de tablets.

Segundo o site chinês DigiTimes, a fabricante encomendou componentes suficientes para a produção de cerca de 800 mil aparelhos no primeiro trimestre de 2011.

O DigiTimes relata que os fornecedores esperam que as encomendas cresçam até um milhão de unidades entre janeiro e março.

Desenvolvido pela Motorola, em parceria com o Google, o Xoom será o primeiro tablet PC a ser lançado com o novo sistema operacional do Google, o Android 3.0, ou Honeycomb.

O aparelho foi apresentado durante a CES 2011, que se realizou na última semana, em Las Vegas.

Com um processador dual-core de 1 Ghz, o aparelho traz módulo para acesso a redes 3G, que deverá ser atualizado para 4G no segundo trimestre deste ano, em mercados com a tecnologia disponível.

Completam as especificações técnicas a tela widescreen de 1280 x 800 pixels e 10.1 polegadas com proporção de 16:10, câmera traseira de 5 MP capaz de gravar vídeos em resolução HD (720p), bem como uma câmera frontal de 2 MP para videochamadas.

No Brasil, onde a Motorola também fabricará o aparelho, o Xoom deve chegar em abril.

Segundo a consultoria Gartner, 54,8 milhões de unidades de tablets deverão ser comercializadas no mundo todo neste ano. A projeção para 2014 é de vendas de mais de 208 milhões de aparelhos.