As 236 lojas da Apple nos Estados Unidos devem começar a vender nesta sexta-feira, 11, a nova geração do tablet da empresa de Steve Jobs, o iPad 2.

Segundo a companhia, o modelo estará disponível nas lojas das operadoras de telefonia móvel AT&T e Verizon Wireless, além das redes Best Buy, Walmart e Target. Outras revendas também foram autorizadas pela Appl a dar início à comercialização.

Entre as novidades do modelo estão câmeras frontal e traseira, que permitirão o uso do recurso Face Time, já presente no iPhone 4. O aparelho, 33% mais fino que o iPhone 4, pesa cerca de 600 gramas e estará disponível nas cores preta e branca.

Além disso, o aparelho tem como base um processador A5 dual-core, com desempenho 2x mais rápido que o A4 do primeiro iPad e GPU 9X mais rápida.

Esse iPad estará disponível em duas cores: preto ou branco. E ao contrário do iPhone 4, ambas as versões estarão nas lojas no mesmo dia.

A Apple se orgulha de ter mantido a autonomia de bateria em 10 horas, a mesma do modelo anterior, com "mais de um mês em standby".

Nos Estados Unidos, os modelos com a tecnologia Wi-Fi custam US$ 499 (16GB), US$ 599 (32 GB) e US$ 699 (64 GB).

Com a conexão 3G, os preços são US$ 629 (16GB) US$ 729 (32GB) e US$ 829 (64GB).

A partir de 25 de março, o aparelho chega na Austrália, Áustria, Bélgica, Canadá, República Tcheca, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Islândia, Irlanda, Itália, Japão, Luxemburgo, México, Holanda, Nova Zelândia, Noruega, Polônia, Portugal Espanha, Suécia, Suíça e Reino Unido.