O processador móvel quad core Nvidia Tegra 3 vai equipar todos os carros da Audi a partir de 2013.

Já presente em tablets e smartphones, o processador é, segundo divulgado pela fabricante, o primeiro quad core móvel do mundo.

Nos carros da Audi, o Tegra 3 irá equipar os sistemas de info-entretenimento, assim como o painel de instrumentos digital que substitui os tradicionais ponteiros de velocidade, temperatura do motor e outras informações.

O acordo abarca toda a linha de veículos fabricados pela companhia a partir do ano que vem.

“A integração desses sistemas com o veículo e sua interface de usuário simplificada possibilitarão uma direção mais segura e intuitiva”, afirma Ricky Hudi, diretor executivo de Engenharia Elétrica/Eletrônica da Audi.

Ele destaca a tradição da montadora no uso de tecnologia embarcada em seus modelos.

“No ano passado, apresentamos a primeira experiência ao vivo do Google Earth em um carro. Este ano, estamos entregando veículos com o processador móvel Tegra 2. E, no ano que vem, com o Tegra 3”, destaca.

O processador Tegra 3 incorpora uma CPU ARM quad-core, uma GPU Nvidia GeForce e processadores dedicados de áudio, vídeo e imagens.

“O projeto garante alta eficiência energética e processamento ultrarrápido de aplicativos e imagens 3D, ao mesmo tempo em que reduz a demanda sobre os sistemas elétricos dos veículos”, afirma Dan Vivoli, vice-presidente sênior da Nvidia.

A Nvidia é especializada em equipamentos e soluções para computação visual, tendo criado, em 1999, uma unidade dedicada exclusivamente ao processamento gráfico, a GPU.

As soluções da companhia são aplicadas a experiências multimídia de usuários de dispositivos móveis, notebooks e PCs.

Com sede na Califórnia, a empresa fechou o ano fiscal 2010/11 com receita de US$ 3,54 bilhões, 6,8 mil profissionais empregados e operações em mais de 20 países, incluindo o Brasil.