Frank Miller Koja, executivo da IBM para a regional Sul

A IBM segue de olho no Rio Grande do Sul, onde atua há cerca de 70 anos.

Além da nova sede, que será inaugurada na próxima quinta-feira, 14, no bairro Praia de Belas, em Porto Alegre, a empresa segue com os planos de expandir sua atuação para novas cidades do interior gaúcho.

Hoje, a Big Blue está presente em Passo Fundo e Caxias do Sul, além da capital. Pelotas, no Sul do estado, também está nos planos para 2011, e mais virá por aí.

“É uma estratégia importante para a empresa porque a gente passa a ter algo que não tinha antes em termos de mercado. E o único modo de fazer um crescimento vencedor é ter pessoas locais que nos ajudem a ampliar nosso crescimento”, explica o executivo regional da empresa, Frank Miller Koja.

Lupa nas opções
Koja não revela quais serão as próximas cidades mas garante que a expansão irá continuar. Segundo o executivo, a empresa tem feito análises de mercado para avaliar o potencial de outros municípios.

“Não consigo dizer onde e quantas porque é uma análise bastante crítica para ver que cidades oferecem potencial de crescimento acelerado”, diz Koja.

As três eleitas até o momento, excluindo Porto Alegre, têm PIB per capita entre R$ 10 mil e R$ 28 mil, e entre 8 mil e 28 mil empresas, segundo o IBGE.

O avanço da Big Blue no sul faz parte do programa de crescimento da empresa em mercados emergentes. Em 2010, foram 20 empresas contempladas.

Nesse ano, serão mais 15.

Resultados já observados
Segundo a IBM, as novas localidades contam com o atendimento de funcionários IBM e de seus parceiros de negócios aptos a prestar serviços em diversos setores como infraestrutura, varejo, finanças, telecomunicações, saúde e educação.

Apenas em 2010, a IBM ampliou em 30% seu número de parceiros - hoje chegam a 1,7 mil.

Os resultados, explica a nova líder de expansão regional da IBM Brasil, Carla Queiroz, já é expressivo entre os gaúchos. “No ano passado”, exemplifica Carla , “a parceira Brastorage, que iniciou operação no Rio Grande do Sul, aumentou em 200% sua receita em relação a 2009”.

Conforme Carla, a estratégia de expansão regional também tem o objetivo de identificar oportunidades que fomentem a economia regional, o que inclui, além das revendas, desenvolvedores de software independentes e instituições de ensino.

GAP da qualificação
Para alicerçar o crescimento, entra na agenda da IBM a preocupação com o GAP de qualificação da mão de obra. O presidente da empresa no Brasil, Ricardo Pelegrini, em palestra no 24º Fórum da Liberdade, disse que falta capacidade de expressão técnica aos profissionais brasileiros.

“Isso é formação básica. Temos pessoas hoje que não conseguem dizer isso é um microfone, ele tem uma haste, está fixado na mesa, transmite som...”, ilustrou, durante sua palestra na PUC, na tarde dessa terça-feira, 12.

A solução, diz  Pelegrini, seria investir na qualificação dos alunos, incluindo matérias que envolvessem expressão oral e escrita, e também ajudar os professores.

Enquanto tais disciplinas não entram na grade curricular, a IBM procura fazer sua parte.

“Nós temos um projeto para desenvolver a academia no país, aproveitando o laboratório anunciado no ano passado para o Brasil. Uma das iniciativas é formar grupos de trabalho com profissionais da IBM e membros da academia”, diz Pelegrini.

O presidente não abre números, mas enfatiza que o Brasil é uma das operações mais importantes da empresa entre os mercados emergentes.

Há três anos, a Big Blue dividiu a atuação em duas áreas: mercados maduros e em crescimento. O segundo, sendo formado pelo Brasil e outros 140 países.

A expectativa é de chegar a 2015 com 30% de receita vinda dos mercados emergentes, ou Growth Markets, se mantida a taxa de crescimento atual.

Em 2010, a IBM faturou mais de US$ 99 bilhões.

Pelegrini deve participar da inauguração da nova sede da empresa, em Porto Alegre, que deixa as instalações de um andar, no centro da cidade, por um prédio de quatro andares. A IBM está há 70 anos em Porto Alegre, 94 no Brasil e completa 100 anos de fundação em 16 de junho desse ano.