O ministro da Ciência e Tecnologia, Aloízio Mercadante, irá à Câmara dos Deputados prestar explicações sobre o Ceitec e “suspeitas” geradas pela fábrica.

Mercadante foi convidado pela Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática, especificamente pelo deputado Antonio Imbassahy (PSDB-BA).

O ministro comparece diante dos parlamentares quase seis meses depois da publicação de uma reportagem na revista Isto É, que indicava que Mercadante estaria preocupado com indícios de irregularidades encontrados pelo Tribunal de Contas da União nas obras do centro.

Inaugurado em abril, o centro de desenvolvimento de chips teve o orçamento incrementado 13 vezes em seis anos, consumindo R$ 300 milhões – o dobro do previsto.

Segundo a Isto É, o TCU identificou um superfaturamento de R$ 15,8 milhões.

Uma comissão técnica para acompanhar a entrega do Ceitec foi criada pelo ministério, a fim de acompanhar a evolução do projeto.