A fabricante do BlackBerry Research In Motion (RIM) lançará seu tablet PlayBook em mais 16 países fora da América do Norte no mês que vem.

O Brasil, porém, onde a expectativa de vendas de tablets é o triplo do comercializado no ano passado, está de fora da lista, que inclui Grã-Bretanha, França, Alemanha, Austrália, Emirados Árabes e Índia, entre outros países.

Segundo a agência Reuters, o aparelho recebeu uma série de críticas nos Estados Unidos e no Canadá.

Entretanto, analistas alertaram para os riscos de repetir o passo dado na América do Norte, onde o aparelho teve uma recepção morna.

“A RIM poderia ter feito um trabalho melhor ao criar entusiasmo”, disse Tim Shepherd, da Canalyz, na Grã-Bretanha. “Duvido de que as pessoas comuns já ouviram falar de um PlayBook aqui”.

A RIM tem enfrentado problemas nos últimos meses, desapontando investidores ao reduzir previsões de vendas e lucros logo após revelar projeções fracas de lucros.