A Perto, fabricante de soluções de hardware e software para os segmentos de automação bancária e comercial com fábrica em Gravataí, filial em Alphaville e escritórios em 12 cidades, lança o PertoTrap, terminal de operações para transações financeiras de lotéricas e estabelecimentos comerciais.

A solução reúne um cofre em aço de 12 mm, terminal POS e display LCD touchscreen.

Com o PertoTrap é possível realizar operações protegidas com senha e armazenar o dinheiro em ambiente seguro, eliminando contagem e recontagem de numerários e transporte interno de cédulas.

“O PertoTrap conta automaticamente as cédulas, verifica a autenticidade e as armazena em um cassete lacrável, além de controlar, auditar, proteger contra perdas e eliminar erros de contagem”, explica Margô Neff, gerente nacional de Automação Comercial da Perto.
 
Há três modelos da nova solução: PertoTrap Básico, Slim e Dual. O painel de LCD touchscreen não está disponível na primeira versão, mas todas contam com impressora térmica, que faz o registro das transações realizadas.

"Apostamos no aquecimento das vendas a partir de 2011. A Caixa Econômica Federal dará incentivo para aquisição de soluções de alta tecnologia a partir da abertura de linhas especiais de crédito e financiamento para os estabelecimentos que desejam adquirir cofres inteligentes", afirma Margô.

Segundo a executiva, hoje postos de combustíveis são alguns dos estabelecimentos comerciais que já compram da Perto, cuja carteira de clientes é mais fote no segmento de bancos. Entretanto, há potencial nas transportadoras de valores, lotéricas, entre outros, acredita a gerente.

A Perto emprega cerca de 1,5 mil colaboradores e exporta seus produtos para 25 países. Em 2009, o faturamento da companhia fechou em R$ 269,9 milhões.

Para 2010, a meta é encerrar com receita de R$ 300 milhões.