A porto-alegrense Dom Design lança o serviço de prototipagem 3D. A companhia acaba de importar a impressora norte-americana 3D ZPrinter 310 Plus, que permite avaliar o design de produtos finais antes do processo de manufatura, possibilitando a avaliação do resultado e possíveis correções.
 
“O sistema de prototipagem 3D transforma um projeto digital numa peça física em questão de horas”, explica o diretor da Dom Design, Jurandir Simões Filho.

Segundo ele, com o novo equipamento, o enfoque é disponibilizar serviços em duas vias: primeiro, a venda de um trabalho completo - do projeto de design ao produto materializado. Segundo, atender a empresas que já possuem uma estrutura de projeto e manufatura, mas que necessitam deste tipo de impressão/prototipagem.
 
A tecnologia é aplicável a áreas como arquitetura, engenharia, medicina, indústria calçadista, cinema e publicidade, entre outras.

“Médicos podem fazer simulações de próteses a partir de exames para planejar operações complicadas. Já um engenheiro ou arquiteto pode reduzir para alguns dias a finalização de uma maquete de um grande empreendimento, por exemplo”, destaca Simões Filho. “Optar pela impressão 3D é economizar tempo e dinheiro”, garante.

A Dom Design é focada na gestão de negócios baseada em design. A empresa é responsável, por exemplo, pelo projeto arquitetônico e identidade visual da Feira do Livro de Porto Alegre.

A carteira de clientes já atendidos pela empresa traz nomes como D'agua Natural, AGCO do Brasil, Martiplast, Valtra e Massey Ferguson. Um case para este último, inclusive, rendeu para a companhia o prêmio IDEA/Brasil 2009.