A Feevale começa a oferecer em março um curso de especialização em automação e controle em parceria com a Altus.

 
Serão 24 vagas oferecidas na primeira turma, uma boa parte das quais deve ser ocupada por colaboradores da empresa de São Leopoldo, que terão descontos na universidade de Novo Hamburgo. 
 
A pós-graduação tem como objetivo promover a qualificação de profissionais da área de Engenharia para atuarem no campo da automação industrial. São 519 horas, sendo 489 horas presenciais e 30 horas à distância.
 
O curso é voltado para profissionais graduados, preferencialmente, na área de Engenharia, e que estejam atuando no mercado de Automação Industrial. A Altus participou de toda a concepção da grade curricular do curso, que conta com alguns de seus profissionais como professores.
 
“O profissional será preparado para atuar na cadeia de petróleo e gás, um dos setores que mais sofrem com a escassez de profissionais qualificados atualmente”, destaca Luiz Gerbase, presidente da Altus. 
 
Dados do Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia apontam para um déficit de 20 mil engenheiros por ano no Brasil. 
 
A exploração do petróleo na camada pré-sal tem aquecido os negócios da Altus, Em junho de 2011, a companhia fechou o que foi o maior contrato da sua história: R$ 115 milhões para automatizar  oito plataformas da Petrobrás.
 
Para atender à demanda da estatal, a companhia sediada no Tecnosinos anunciou na época a contratação der 80 novos colaboradores, ampliando sua equipe - hoje formada por 300 pessoas – tanto na sede quanto na filial de Macaé, no Rio de Janeiro.
 
O contrato vai render à empresa leopoldense trabalho até 2017, para quando está previsto o lançamento da última plataforma.