A Oracle lança a unidade de fita StorageTek T10000C.

Segundo divulgado pela fabricante, a novidade oferece redução de TCO por ocupar de um terço até um quinto do espaço físico utilizado por outras soluções de armazenamento em camadas, arquivo ou backup.

“As soluções de armazenamento em camadas StorageTek da Oracle contam com as vantagens dos dispositivos de disco e fita e são os produtos mais escaláveis e econômicos para ambientes heterogêneos de cloud computing, proteção, consolidação e arquivamento de dados”, afirma o comunicado da Oracle.

O material também ressalta a StorageTek T10000C como a unidade de fita mais rápida do mercado, com capacidade nativa de 5TB e throughput nativo (taxa de transferência) de 240MB/segundo - mais do que o triplo da capacidade, com velocidade entre 50% e 70%, em relação a equipamentos como a LTO-5 e a IBM TS1130.   

Já comparados com as soluções somente em disco da EMC, os produtos StorageTek ampliam a capacidade em 30 vezes, o desempenho em 50 vezes e  consomem 99% menos energia e recursos de arrefecimento, segundo testes realizados pela Oracle.

A nova solução de armazenamento em fita também alcança até um Exabyte (1000 PB, com taxa de compactação de 2:1) para atender a requisitos de arquivamento e backup de longo prazo.

Criptografia em linha e integração com softwares da Oracle para sistemas abertos e ambientes de mainframe, como o Sun Storage Archive Manager, também fazem parte da novidade.

Além disso, alinhado com o Oracle Exadata Database Machine, o StorageTek T10000C reduz em 33% o tempo de realização de backups e, para backup em sistemas abertos, as novas unidades de fita contam com o software Oracle Secure Backup e diversos programas de mercado como parte de sua arquitetura DDT.