Tamanho da fonte: -A+A

Uma pesquisa da  UBM TechWeb encomendada pela CA junto a  460 tomadores de decisão de TI em empresas de médio e grande porte apontou que  60% desses executivos estão desapontados com a economia de custos gerada pela virtualização.

 
A maioria quase absoluta dos entrevistados, 95%, implementou, está implementando ou planeja implementar a virtualização em suas organizações.
 
E uma ampla maioria de 85% mencionou a redução de custos e a otimização do uso de servidores (84%) como razões primordiais para essa implementação.
 
Entretanto, 63% dos executivos pesquisados disseram não ter obtido a economia de custos esperada, e 5% afirmaram que a complexidade da virtualização acabou, na verdade, trazendo novos custos.
 
Já 44% dos entrevistados que contam com automação para a maior parte de seus processos de provisionamento de servidores, revelaram ter alcançado significativa diminuição de custos por meio da virtualização.
 
Em contrapartida, 48% daqueles que atribuíram às complexidades da virtualização, o surgimento de novos custos, também disseram que a maior parte de seus processos de provisionamento de servidores é manual.
 
“O estudo demonstra claramente que os benefícios prometidos pela virtualização e pela computação na nuvem serão difíceis de se concretizarem sem que primeiro, as organizações padronizem e automatizem seus processos rotineiros de TI”, afirma Rosano Moraes, vice-presidente de Virtualização, Automação e e Gerenciamento de Serviços da CA Technologies para a América Latina.
 
A pesquisa na íntegra está disponível pelo link relacionado abaixo.