O presidente da Cinco TI, Ramiro Martini

A Cinco TI quer ser fornecedor completo de soluções de TI, completando a atual oferta, baseada em hardware, com software e serviços e fomentando a meta de faturar acima de R$ 170 milhões em cinco anos. Para tanto, incorporações estão na mira.

A companhia já mantém conversas com as porto-alegrenses Sthima e Infra TI, que hoje atuam como parceiras, mas em breve deverão integrar a marca Cinco TI.

“Ainda estamos pensando em como fazer, mas a meta é que as empresas venham para cá”, afirma o presidente da companhia, Ramiro Martini, apontando para a sede da Cinco durante coletiva de imprensa nesta terça-feira, 20.

A Sthima, hoje sediada no Tecnopuc, vai incrementar o portfólio com oferta de software on demand, especialmente CRM e Help Desk.

Já a Infra TI será o braço de serviços.

“Hoje fornecemos, por exemplo, o servidor, mas se o cliente precisar de serviço nesta área, não temos oferta própria. Queremos abranger todo o projeto”, ressalta Martini.

As novidades também vão ampliar a equipe da Cinco TI, que hoje tem 45 colaboradores, devendo subir para 58 no ano que vem e 114 até 2016, conforme o planejamento estratégico.

Planos que deverão impulsionar a retomada depois de um 2011 de dificuldades: os negócios sofreram um breque por conta da crise na Europa e das enchentes em Taiwan, já que a Cinco TI é revenda de servidores e equipamentos de redes e automação comercial e industrial.

“As enchentes, por exemplo, prejudicaram a fabricação de servidores, que junto com switches e storages são nossos líderes de vendas. Não chegamos a registrar queda, mas digamos que vendemos o mesmo de outros anos, com mais esforço”, avalia Martini.

Apesar de tudo isso, a companhia encerra o ano com faturamento na casa dos R$ 23,6 milhões e uma carteira de 13 mil contratos ativos, dos quais mais de 50% são fora do Rio Grande do Sul.

A empresa gaúcha fornece para todo o país, via parceiros de distribuição que hoje somam cinco em São Paulo, Goiás, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Santa Catarina, incluindo nomes como Officer e Network1.

Com estrutura de estoque e logística já preparada, os parceiros têm acompanhamento direto da companhia porto-alegrense, que envia profissionais aos clientes sempre que necessário.

Já a lista de parcerias da Cinco TI na área de fabricantes reúne nomes como HP, Cisco, IBM e Dell.

Varejo
O foco é o mercado corporativo, mas o consumidor doméstico também está na mira: a empresa lançou este ano o Cinco TI Express, canal de e-commerce para o setor de varejo.

“O portal é voltado a vendas de produtos de menor valor, que o consumidor pode encontrar no varejo tradicional. As vendas são 100% online, desonerando nossa equipe de vendas para projetos maiores, sem deixar de atender aos pequenos”, conclui o presidente da companhia gaúcha.

SAP
Para garantir respaldo ao próprio negócio, a Cinco TI também adotou este ano o SAP Business One, em um projeto do ITS Group.

“Antes, nosso trabalho era baseado em Excell. Não tínhamos base de análise, era tudo no achômetro”, conta Martini. “O SAP B1 melhorou o fluxo de atividades e informações, além de nos dar a credibilidade de usar um dos melhores ERPs do mercado”, finaliza.