A chinesa Lenovo Group está em negociações com a japonesa NEC para formar uma joint-venture em computadores pessoais.

Segundo fontes próximas do assunto, citadas pelo jornal Nikkei e pela Reuters, a Lenovo planeja assumir uma participação de controle na unidade da NEC, mas a forma de parceria ainda não foi definida.

A Lenovo é a quarta maior fabricante mundial de PCs, atrás de HP, Dell e Acer. Com a NEC, a intenção é juntar forças para crescer no mercado japonês, já que a companhia é a líder de seu setor neste país.

Entretanto, mundialmente a NEC não fica entre as dez maiores.

Consultadas pela Reuters, a Lenovo não quis confirmar a informação e a NEC não fez comentários.

Por aqui
Se na Ásia os anúncios não estão confirmados, na América Latina a Lenovo divulga novidades para o Brasil, que passa por mudanças organizacionais na subsidiária, com definição de novas diretorias.

Uma das novidades é Joarez Bertholdo como diretor de Vendas de Pequenas e Médias Empresas.

O executivo atuava, até agora, no atendimento a contas do setor público. Agora, soma as duas funções, até outro gestor ser escolhido para a área governamental da subsidiária.

Outro novo diretor é Paulo Renato Fernandes, que vai comandar a área de Operações.

Ele ficará responsável pelas operações integradas de vendas, BI, capacitação e ações de incentivo para canais.

Já Jianqing (JQ) Zhao assume como diretor de SMB.

“Zhao trará um conhecimento mais abrangente de produtos, que podem ser aplicados no mercado de pequenas e médias empresas, que conta com uma gama de clientes grande e diversificada”, afirma Xia Li, presidente da Lenovo Brasil.

Os novos cargos entram em vigor em 1° de abril, no início do novo ano fiscal da Lenovo. Os executivos já estão trabalhando em um processo de transição.