A fabricante Sharp planeja entrar no mercado de tablets, ainda este ano. O lançamento deve chegar, inicialmente, a Japão e  Estados Unidos, onde a empresa negocia o lançamento com a Verizon Wireless, companhia de telefonia americana.

O produto reconhecerá arquivos em uma nova versão do XMDF (ever-Extending Mobile Document Format), formato desenvolvido pela Sharp e utilizado em alguns dos dispositivos anteriores da empresa. A Sharp ainda não decidiu se o seu leitor suportará outros formatos.

A loja de e-books da fabricante japonesa possui 29 mil títulos no formato XMDF, informou a Sharp em comunicado, na terça-feira, 20.