Tamanho da fonte: -A+A

A Positivo Informática iniciou esta semana uma série de demissões que deve atingir 600 colaboradores da unidade de Curitiba. A quantidade equivale a 10% do quadro na sede da empresa

A informação é do Seletroar (Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Eletroeletrônica e Refrigeração de Curitiba e Região Metropolitana).

Conforme o sindicato, as causas dos desligamentos estão ligadas à queda de novos pedidos após os contratos já fechados para o período de Natal.

A entidade afirma ainda haver expectativa de que a dispensas sejam reduzidas, desde que novos pedidos surjam, o que poderia preservar ao menos 200 empregos.

Consultada pela reportagem da Folha Online, a Positivo perferiu não se manifestar sobre o tema.

Para os demitidos, o sindicato negociou com a Positivo a antecipação do pagamento do Plano de Participação nos Lucros e Resultado, no valor de R$ 250 para cada dispensado, além de uma cesta básica de R$ 120 e antecipação de gratificação por assiduidade (R$ 250), benefício que seria concedido inicialmente a quem estivesse na empresa até o dia 31 deste mês.

Uma empresa de Recursos Humanos também foi contratada para assessorar os demitidos em eventual recolocação no mercado de trabalho.